Órgãos de defesa já elaboraram plano para combater focos de queimadas no Acre

Por Dell Pinheiro – Com a chegada do período de estiagem, onde o forte calor predomina na região amazônica, o registro de focos de queimadas aumenta consideravelmente. Com o objetivo de prevenir esse tipo de crime ambiental, o Corpo de Bombeiros do Acre, juntamente com órgãos de fiscalização municipal, estadual e federal, já intensifica ações de combate, tanto na capital como nos demais municípios acreanos

“Nosso plano de contingência está elaborado desde março. Os focos de queimadas aumentam no final do mês de maio, mas nossa maior preocupação é nos meses de julho, agosto e setembro, quando se registra um numero maior de casos. Já existem alguns focos, porém de pequena proporção”, comentou o major Cláudio Falcão, do Corpo de Bombeiros.

Ele também salientou sobre a importância de conscientizar a população. “Estamos realizando reuniões com brigadas rurais e palestras nas escolas para disseminar o perigo que as queimadas podem causar. Nossa grande dificuldade é de conscientizar as pessoas sobre essa prática criminosa, que infelizmente, já se tornou um hábito cultural”, ressaltou.