Minoru Kinpara cumpre agenda nos municípios de Brasileia, Epitaciolândia e Assis Brasil

O candidato ao Senado, Minoru Kinpara (REDE), cumpre extensa agenda nos municípios da microrregião do Alto Acre. Acompanhado do candidato a deputado estadual, professor Val da Silva (REDE), Minoru Kinpara se reuniu com servidores públicos, comerciantes, estudantes e produtores rurais das cidades de Brasileia, Epitaciolândia e Assis Brasil.

Durante a conversa que manteve com as pessoas, Minoru Kinpara, apresentou suas propostas para saúde, educação e segurança, além dos projetos de implantação do Hospital Universitário e do Parque Tecnológico, de apoio para a consolidação do campus da Ufac no Alto Acre e de fortalecimento do Programa Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (Parfor).

Kinpara compreende que não é possível ser Senador da República sem conhecer as necessidades e anseios da população. “Para ser um bom político é preciso está próximo das pessoas: conversando, dialogando e apresentando as propostas. Contudo, para além de tudo isso, é preciso saber ouvir”, ressalta Kinpara.

A comerciante, Regina Célia, compreende que a educação se apresenta como um elemento importante para a consolidação de mudanças políticas. Para ela “A educação é a chave para tudo”. Minoru ressalta que nenhuma grande economia mundial cresceu sem que houvesse fortes investimentos em educação. “China, Finlândia e o Japão pós-guerra são provas disso. O Brasil anda na contramão disso tudo. Com a crise, a primeira coisa que se fez foi cortar os investimentos da educação”, frisa.

Fortalecer e investir em educação são as marcas de Minoru Kinpara. Nos cinco anos e meio em que foi reitor da Universidade Federal do Acre (Ufac), Kinpara empenhou-se no fortalecimento do Programa Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (Parfor). “Quero lutar em Brasília pelo fortalecimento do Parfor, porque sei que com a educação superior de qualidade, as pessoas podem construir novas realidades”, ressalta Kinpara.

Com o Parfor, a educação superior chegou a áreas rurais e ribeirinhas de 19 dos 22 municípios do Estado do Acre. Com o Programa, muitos estudantes acreanos puderam concluir o tão sonhado ensino superior nas licenciaturas de Pedagogia, Ciências Biológicas, História, Letras/Português e Geografia.

Assessoria