Maria, a força de uma mulher

A bela mulher trabalha todos os dias, cuida do lar, cuida da família.
A esperança ainda existe, uma enorme alegria invade a vida.
O amor está em toda parte,
Mas é no lar que ela encontra forças, equilíbrio, vigor para se renovar a cada dia.
Momentos felizes, casa cheia, fartura de todo tipo de boa comida.
A energia vibrante que invade e contagia…
Grande mãe, esposa, filha. É você, mulher!
Os filhos, os netos, os bisnetos, agora já povoam a terra prometida.
As luzes brilham e mostram uma mulher que pode conquistar cada lugar por onde passa.
Ela é feminina sem ser frágil, e seus olhos mostram toda a sua força.
Sempre lutando com perfume de flores, na longa caminha da vida.
Sendo uma parte que completa o todo, a mulher ilumina somente sendo ela mesma.
A mulher ajuda, cuida, ama, vive, muda, transforma e conquista.
Simplesmente ela, Maria!

Dedico este poema como uma homenagem a todas as mulheres nesse dia tão especial, com destaque a minha querida Tia-avó Maria Soares Dantas (1932-2017), que sempre viverá na memória de todos que a conheceram.

Liv Anne Andrade Oliveira

Bacharel em Direito