Lourival Marques contesta afirmação de que policiais não acessam uma ala do presídio

Mircléia Magalhães

O líder do Partido dos Trabalhadores na Aleac, deputado Lourival Marques, rebateu o discurso do oposicionista Gehlen Diniz (PP), que denunciou que os policiais não teriam acesso a uma ala do presídio Francisco D’Oliveira Conde.

“A forma como a oposição fala desse tema dá a entender que o governo do Estado está de braços cruzados, e não é verdade. O secretário-adjunto da Secretaria de Segurança, coronel Dantas, deu uma entrevista negando a informação. Ele disse que passou 14 anos da sua vida atuando no sistema penitenciário e que nunca existiu naquele presídio nenhuma ala que agentes e policiais não tenham livre acesso. Isso é lenda”, destacou o parlamentar.

Ainda segundo o deputado, a oposição não quer enxergar o trabalho que as Polícias Civil e Militar realizam no Acre. “Esse é um tema muito sério. Sabemos do trabalho responsável que os nossos policiais realizam no Estado, só não enxerga quem não quer. Semana passada na primeira edição da reportagem do Fantástico saiu que em Marechal Thaumaturgo só havia um policial e isso não é verdade. Lá tem nove policiais no total, são esses números que nós precisamos contestar. Nós temos que verificar as denúncias para só então tomar as devidas providências. Esse é um tema sério, que precisa ser mais bem debatido”, concluiu.

Agência Aleac