Leila Galvão pede reforço na segurança pública na região de fronteira

A deputada estadual Leila Galvão (PT) usou a tribuna da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) na manhã desta terça-feira, primeiro dia de retorno do recesso legislativo, para fazer um apelo às autoridades de segurança do Estado. A parlamentar quer que sejam reforçadas as atividades da área nos municípios de fronteira, especialmente, os da região do Alto Acre, onde se situam Brasileia, Epitaciolândia, Assis Brasil e Xapuri.

Todas essas cidades fazem fronteira com a Bolívia e ainda com o Peru, no caso de Assis Brasil. Notadamente, esses são países grandes produtores de droga, bem como mercado para a aquisição de armas que entram de forma ilegal no Brasil.

“Não podemos fechar os olhos para os grandes avanços na segurança pública, o governo vem entregando equipamentos, realizando concursos e fortalecendo as instituições a cada dia”, justificou Leila. “No entanto, há um pedido das autoridades, empresários e sociedade como um todo para que seja reforçado o patrulhamento nas regiões de fronteiras, especialmente nas pontes mais movimentadas”, completou.

A parlamentar disse ter enviado documento com o seu pedido em nome dos moradores do Alto Acre para a Secretaria de Segurança Pública e que estar convicta de que sua reivindicação será prontamente atendida.

“A Secretaria de Segurança está sempre muito sensível às pautas que apresentamos”, revelou. “Vamos acompanhar de perto”, finalizou.