Juros reduzidos e aumento de financiamento devem atrair mais pessoas ao Feirão da Casa Própria

Por Dell Pinheiro – Acontece em Rio Branco, nos dias 8, 9 e 10 de junho, no Centro de Convenções da Universidade Federal do Acre (Ufac), a 14ª edição do Feirão da Casa Própria da Caixa Econômica Federal. Neste ano, também poderão ser financiados materiais de construção, carros e motos, além da diminuição das taxas de juros e do aumento da cota de financiamento.

O superintendente regional da Caixa, Marcio Fiod Martins, disse que o conceito do Feirão foi ampliado para uma grande feira de negócios. “Avançamos para novos negócios e oportunidades de investimentos, além de agregar outros ramos, como a construção civil. Então, provavelmente teremos lojas de material de construção fazendo parte do Feirão, não só construtoras e imobiliárias. Também faremos o financiamento de motos e carros”.

Martins também falou sobre as expectativas para 2018. “Nossa expetativa para esse ano é muito boa. Em 2017, tivemos R$ 150 milhões de negócios encaminhados, foram cerca de 3,2 mil visitantes. Esse ano teremos R$ 320 milhões em orçamento, dando mais de 100% de crescimento em relação ao ano passado. Estamos com uma taxa de 1% para financiamento. O aumento da cota também é um fato positivo, pois o cliente pode dá um valor menor de entrada”, ressaltou.

A Caixa orienta aos interessados em financiamento que verifique o saldo da conta de Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e o quanto pode ser utilizado na operação de compra. Para que o crédito seja liberado é necessário ter, no mínimo, três anos de trabalho sob o regime do FGTS, mesmo que em períodos ou empresas diferentes, além de não possuir financiamento ativo no Sistema Financeiro de Habitação (SFH), em qualquer parte do país.