Estudo põe Seleção como a terceira mais valiosa da Copa; França no topo da lista

A seleção brasileira é a terceira mais valiosa da Copa do Mundo. Ao menos, é o que mostra o estudo publicado nesta segunda-feira do CIES Football Observatory, que avalia os 23 jogadores de Tite em € 1,25 bilhão (R$ 5,45 bilhões). A França, primeira (€ 1,4 bilhão, o equivalente a R$ 6,1 bilhões), e a Inglaterra (€ 1,38 bilhão, que representa R$ 6 bilhões), segunda, são as equipes que superam os brasileiros em valor de mercado.

Não à toa, essas seleções contam com os três jogadores mais caros do Mundial: Harry Kane (€ 201 milhões), Neymar (€ 196 milhões) e Mbappé (€ 187 milhões).

Veja abaixo os valores em euros, assim como os jogadores mais caros de cada equipe.

As outras seleções do top-10 são as seguintes (listando a partir da mais valiosa): Espanha (€ 965 milhões), Argentina (€ 925 milhões), Alemanha (€ 895 milhões), Bélgica (€ 835 milhões), Portugal (€ 656 milhões), Uruguai (€ 529 milhões) e Croácia (€ 416 milhões).

Rival do Brasil na primeira fase, a Sérvia é a 13ª, enquanto a Suíça, adversária da estreia, aparece na 16ª colocação da lista. A Costa Rica é apenas a 29ª seleção mais valiosa da Copa. Apenas Irã, Arábia Saudita e Panamá, a última equipe da relação, ficam atrás.

De acordo com o instituto, o critério para definir o valor dos jogadores se baseia no desempenho esportivo dos jogadores de futebol, como os os clubes de cada atleta. O algoritmo ainda leva em conta outras variáveis, como idade e duração do contrato. O valor de todos os 736 inscritos na Copa do Mundo juntos é de € 12,6 bilhões (R$ 54,9 bilhões).

Globoesporte.com