Em Rio Branco, manutenção viária segue em ritmo acelerado

A Prefeitura de Rio Branco, por meio da Empresa Municipal de Urbanização de Rio Branco (Emurb), mantém em ritmo acelerado o serviço de manutenção viária de Rio Branco. O trabalho de prevenção contra o surgimento de buracos ou ´borrachudos´ no pavimento continua intenso e de acordo com o presidente da empresa, Marco Antônio Rodrigues, tudo tem saído dentro do planejado pela prefeita Socorro Neri. “Estamos, bem”, disse Marco Antônio.

Ele explica que borrachudos são imperfeições causadas pelo tráfego constante e pesado no pavimento das ruas da capital – problemas que só vão aumentando até se transformar em buraco, causando sérios transtornos, não somente aos motoristas, mas também aos pedestres, ciclistas e demais usuários das vias públicas.

Manutenção viária nos bairros Nova Estação e Rui Lino – Foto: Fagner Delgado

Para enfrentar esse problema, homens e máquinas trabalham nos corredores de ônibus e em vias secundárias como Rua Saldanha Marinho, Joaquim Macedo, Antônio Carlos, Estrada do Calafate, Estrada Barro Vermelho Vila, Rua dos Antúrios, Rua Lourenço Lopes, Av. Amadeo Barbosa, Rua Xororó e Rua Mario Maia, no bairro Montanhês, que faz ligação com a Avenida Flaviano Melo, principal corredor de ônibus daquela região, além de muitas outras em todas as regionais de Rio Branco.

Com presença ostensiva, a Emurb trabalha para  garantir as operações tapa-buracos em todas as regionais. Já foram aplicadas 8.399 toneladas de asfalto exclusivamente produzido na usina da Emurb, no Distrito Industrial. A usina foi reativada na segunda quinzena de junho deste ano, reduzindo custos improdutivos do processo de pavimentação e manutenção viária da capital.

Assessoria PMRB