É cada uma…

Foto: Cedida

O prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro (PMDB), planeja obrigar os servidores provisórios e comissionados do município a abrirem mão de um mês de salário. A denúncia foi feita pelo site acrereal.com, depois de receber a visita de um funcionário da prefeitura.

Sem salário

Segundo o site, o denunciante – que já teria sido obrigado a renunciar a 25% do salário durante todo o primeiro semestre de 2017 –, foi procurado dias atrás pelo secretário de Administração do município, Ivo Galvão, a fim de assinar um segundo documento, desta vez abrindo mão do salário de novembro.

Ordem de Ilderlei

Com medo de ser demitido, o servidor preferiu não se identificar. E contou ainda que os provisórios e ocupantes de cargos comissionados estariam sendo instados, por orientação do próprio prefeito, a renunciar ao salário de novembro.

Confirmação

O site assegura na reportagem que fez contato com inúmeros nomeados da prefeitura de Cruzeiro do Sul, e que eles teriam confirmado a denúncia. Disseram ainda que a medida não era extensiva aos secretários municipais e parte do primeiro escalão da atual gestão.

Perguntar não ofende

A revolta levou um deles a questionar se o prefeito Ilderlei Cordeiro ou a esposa, secretária de Ação Social do município, também renunciariam aos proventos relativos ao mês de novembro.

Fora do ar

A coluna tentou entrar em contato no final da tarde de ontem com o assessor de imprensa da prefeitura cruzeirense, Neto Vitalino, mas seu celular estava fora da área de serviço.

Melindroso

E por falar em Ilderlei Cordeiro, que gravou e postou um vídeo em sua página no Facebook, no qual acusa profissionais de comunicação de tentar extorqui-lo, o presidente do Sindicato dos Jornalistas do Acre, Victor Augusto Farias, afirmou que ele precisa parar com “melindres” e passar a tratar a imprensa com respeito.

Obrigações

“O prefeito, como homem público, tem a obrigação de receber a imprensa para dar transparência à sua gestão, além de aprender a conviver com opiniões e manifestações contrárias”, disse o representante sindical.

Generalizou

Como Ilderlei não citou nomes no vídeo, sua suposta denúncia acabou por causar revolta na categoria, sobretudo entre os jornalistas que atuam no município de Cruzeiro do Sul.

Irritadiço

Um vídeo que circulou nas redes sociais, no qual um boneco é mostrado pescando nos buracos das ruas do município, teria motivado a manifestação do alcaide peemedebista.

Arenga

Em um segundo áudio, também disponibilizado nos grupos de WhatsApp da região, Ilderlei Cordeiro questiona um morador que o chamou de ‘piadista’. Com a voz trêmula, o prefeito pergunta: “Piadista por que, irmão? Por que sou piadista? Todos os dias estou aqui trabalhando…”.

Negócio da China

A gestão do PMDB na principal cidade do Juruá também é criticada por promover supostas farras com passagens aéreas e diárias, incluindo a ida do controlador do município, Tárcito Batista, à China.

‘Irmão’ Cordeiro

Ilderlei também desagradou parte da população ao decidir não realizar este ano o Carnaval e vetar a exposição, na praça central do município, dos enfeites natalinos – duas manifestações culturais avessas à sua nova formação religiosa.

Resposta a Bittar

Depois de gravar vídeo em favor da unidade das oposições, o ex-deputado Marcio Bittar, atual pré-candidato ao Senado pelo PMDB, recebeu resposta – em forma de nota – do Coronel PM Ulysses Araújo, postulante ao governo do Estado pelo Patriotas.

Lição política

No texto divulgado ontem (5), Ulysses confirma sua disposição de permanecer na disputa pelo Palácio Rio Branco e ensina que “unidade não significa chapa única e sim mesma ideologia, que pode ser defendida por mais de um candidato, dando aos acreanos a oportunidade de escolha do projeto que lhe transmita maior confiança e credibilidade”.

Entrelinhas

Pra bom entendedor, meias palavras bastam, não é verdade? Quem sabe ler nas entrelinhas percebeu que o coronel alfineta o senador do PP, ao insinuar que ele encabeça um projeto pouco confiável e sem credibilidade…

Respaldo

Segue a nota divulgada pelo militar: “Nossa pré-candidatura ao governo do Estado encontra respaldo no desejo de mudança, na pré-candidatura de Bolsonaro à Presidência da República e nas vozes vindas das ruas por intermédio das redes sociais”.

Epílogo

O texto é finalizado com a garantia de que o DEM, o Patriotas e o Livres seguem firmes na intenção de apresentar Ulysses como candidato ao governo nas eleições do ano que vem.

Parceria

Foto: Regiclay Saady

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), em parceria com gabinete do vereador Jakson Ramos (PT), realiza nesta quinta-feira (7) uma palestra sobre doação de medula óssea. O palestrante convidado é o Dr. Lindberg Oliveira, coordenador do Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea.

Local e horário

Com o objetivo de capacitar os agentes comunitários de Saúde de Rio Branco, o evento ocorrerá no auditório da Fameta, das 8h às 11 horas.