Dinheiro sujo não se lava em casa

Foto: Reprodução

Alex Solnik

Pelo andar da carruagem e do que se sabe das investigações da Polícia Federal, Maristela Temer, a primeira filha corre o sério risco de ser condenada por lavar dinheiro na reforma da sua casa, mesmo sem ter culpa no cartório, só porque seu pai estava no meio.

A mulher do coronel Lima cuidou de toda a reforma da casa, o que não é um bom começo.

Depois, há contradições entre o seu depoimento e o dos fornecedores do material das obras da reforma da casa. Ela disse à PF ter gasto 700 mil com a reforma da casa e pago com suas economias.

Um dos fornecedores, no entanto, provou ter recebido 900 mil reais em dinheiro vivo das mãos da mulher do coronel Lima. Outro se recusou a receber 55 mil reais em cédulas e só assim o dinheiro da reforma da casa entrou na sua conta.

Moral da história: dinheiro sujo não se lava em casa.

É jornalista
Fonte: Brasil 247