Ação Global supera meta e realiza mais de 34 mil atendimentos em Rio Branco

Somente na área de saúde foram realizados um total de 10.753 atendimentos – Fotos: Assessoria FIEAC

O aposentado João do Nascimento Silva, de 56 anos, tem lembranças marcantes e inesquecíveis da Ação Global. Isso porque, foi durante o evento, em 1996, que ele se casou. Desde então, costuma ir a todas as edições realizadas em Rio Branco. E no último sábado, 27, não foi diferente. Mesmo com dificuldades para caminhar desde que sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC), João chegou cedo ao Complexo do SESI em busca de uma consulta com um oftalmologista.

“Já fiz um transplante de córnea em um dos olhos. Agora estou com uma coceira forte no outro olho e isso está me preocupando. Tentei agendar uma consulta no serviço público e decerto eu teria que esperar entre 6 e 8 meses. Por isso vim aqui, pois na Ação Global temos acesso a serviços de qualidade e o atendimento é imediato”, comentou o aposentado.

Já a dona de casa Lucinda de Oliveira Cruz, que fez aniversário justamente no dia da Ação Global, contou que foi ao evento com a intenção de receber atendimento odontológico, mas que aproveitou também para ajudar ao próximo e ainda se embelezar. “Vi a unidade móvel do Hemoacre e decidi doar sangue, algo que eu não fazia há algum tempo. Estou comemorando mais um ano, e com certeza não haveria data melhor para fazer essa doação e ajudar a salvar vidas. Em seguida vou fazer uma escova nos cabelos para ficar mais bela, pois hoje eu mereço”, declarou, sorridente, a dona de casa.

Assim como João e Lucinda, milhares de outras pessoas também compareceram à 22ª edição da Ação Global e foram beneficiadas com ações gratuitas nas áreas de saúde, cidadania, lazer e esporte. Durante o dia, foram realizados 34.134 atendimentos, sendo 10.753 na área de saúde, 7.858 serviços de qualidade de vida, 986 em educação, 893 na área de cidadania, além de 13.644 em outros setores. Os números registrados superaram as metas e expectativas dos organizadores.

Para a vice-presidente da FIEAC e coordenadora da Ação Global, Adelaide de Fátima Oliveira, trata-se do maior evento de ação social em benefício da população de Rio Branco. “É gratificante poder estar aqui e ver milhares de pessoas sendo atendidas, tantos voluntários reunidos, mais de 65 parceiros somando esforços por uma causa tão nobre. Só temos que parabenizar o SESI e a Rede Globo por mais este evento”, assinalou.

“Na Ação Global temos acesso a serviços de qualidade e o atendimento é imediato”, afirma o aposentado João do Nascimento Silva

A superintendente do SESI, Gisélia Belmina, fez questão de agradecer a todos os parceiros do evento e destacou que o público atendeu ao convite dos organizadores da Ação Global. “Inclusive disponibilizamos ônibus para os moradores da Cidade do Povo, que vieram em grande número. Notamos que a população precisa de mais atenção, pois há uma demanda enorme, sobretudo na área de saúde e cidadania. E já percebemos que precisamos nos reorganizar para disponibilizarmos mais serviços prioritários nas edições seguintes”, acrescentou.

200 casais dizem “sim”

Um dos momentos mais esperados e obviamente o mais emocionante do evento foi o Casamento Coletivo, que neste ano celebrou a troca de alianças de 200 casais. A grande festa, que encerrou com chave de ouro a programação da Ação Global 2017, teve início um pouco depois das 17h, no Ginásio do SESI. O espaço foi decorado especialmente para o matrimônio.

A ansiedade era visível no rosto dos noivos, especialmente do jovem casal Leandro Lorandio Vicenti e Andrecilene Rodrigues de Castro. Eles foram os primeiros a chegar ao ginásio, ainda antes das 16h. “Viemos cedo para não correr risco de perder a cerimônia e também para aproveitar ao máximo esse momento único em nossas vidas. Vivemos juntos há oito anos e Deus nos abençoou para que pudéssemos oficializar essa união. Esse Casamento Coletivo realizado pela Ação Global é sensacional, todos os trâmites foram rápidos, sem burocracia e não tivemos que pagar nada por isso”, comemorou Vicenti.

Os noivos Luiz da Silva e Ediane Souza da Cruz também estavam bastante entusiasmados. Deficientes visuais, eles revelaram que se conheceram em um curso de informática há quase três anos. “Namoramos um ano e já estamos noivos desde o ano passado. Graças a Deus, e com ajuda da Ação Global, estamos realizando esse sonho”, frisou Luiz. “Saindo do Casamento Coletivo vou colocar meu vestido de noiva para uma nova celebração, que será realizada na igreja com a presença de todos os nossos familiares”, complementou Ediane.

 

O evento foi inesquecível também para funcionários do Sistema FIEAC, que trocaram alianças durante o evento no Ginásio do SESI. Niliane Vidal, por exemplo, coroou nove anos de relacionamento com o noivo Adriano Cipriano. “Como uma boa ‘Sesiana’, decidi aproveitar a Ação Global para oficializar nosso relacionamento. Foi uma festa no setor, com direito a presentes e tudo mais, quando contei que iria participar do Casamento Coletivo”, destacou Niliane.

O motorista Jorge Barbosa de Souza, que atua há 25 no Sistema FIEAC, também se casou na cerimônia coletiva. Ao lado da noiva Sebastiana Alves de Souza, ele analisou que a Ação Global é um serviço de excelência prestado à comunidade. “Hoje é um dia maravilhoso, ainda mais por poder contar com a presença de vários amigos de trabalho”, pontuou.

Durante a cerimônia, o presidente da FIEAC, José Adriano Ribeiro, e a superintendente do SESI, Gisélia Belmina, entregaram presentes aos casais com mais filhos, os de idade mais avançada, os mais jovens, entre outros. “Sem dúvida, essa foi a mais grandiosa de todas as edições da Ação Global. Desejo muitas felicidades aos casais e parabenizo a todos que colaboraram para o sucesso desse evento”, declarou o presidente da FIEAC.

No dia de seu aniversário, Lucinda foi à Ação Global para receber consulta odontológica, doou sangue e ainda aproveitou para se embelezar

Parceiros e voluntários

A Ação Global reuniu neste ano um total de 67 instituições, com mais de 500 voluntários. Foram parceiros o 4º BIS, Ativistas Pela Paz, APAE, Alex (Quadra de tênis), Acisa, Associação dos deficientes Visuais do Acre (ADVI), Arabesque Estúdio de Dança e Academia, Boticário, Caixa Econômica Federal, Café Marita 1º, 2º E 3º Cartórios de Rio Branco, Coordenação Estadual de DST/Aids Barral y Barral, Coordenação Municipal DST/Aids, CETEAC, Defensoria Pública, Depasa, Detran, Dom Bigode, Eletrobras, Escola Técnica Maria Moreira, FAAO, Enzo Brinquedos, Grupo Garra, Hemoacre, Instituto Euvaldo Lodi (IEL) e Instituto Embeleze.

Deficientes visuais, Luiz da Silva e Ediane Souza trocaram alianças no Casamento Coletivo

Estiverem presentes ao evento, ainda, Instituto Dom Moacir, laboratórios Carlos Chagas, Ministério Público, Ministério Dance & Adore, OAB, Ótica Ipanema, Ouvidoria Geral da União (OGU), Polícia Militar, Procon-AC, Quadrilha Junina Pega-Pega, Associação Quatro Patas, Rotary Clube Penápolis, Rotary Clube Novas Gerações, Sebrae/AC, Secretaria de Segurança Pública, Secretarias Estadual e Municipal de Saúde, Secretaria Municipal de Ação Social, Secretaria de Ciência e Tecnologia, Secretaria de Estado de Educação e Esporte, Secretaria de Segurança Pública, Secretaria Municipal de Esporte, Semeia, SEMCAS, Semsur, SENAI/Dr-AC, serviços do curso de Nutrição da Ufac, Samu, SESI/AC, Sinpal, Sindusmad, Sine, Superintendência do Trabalho e Emprego no Acre, Studio Luciano Araújo, Uninorte, Ufac e Vigilância Epidemiológica.

Assessoria FIEAC