Rio Juruá aponta indícios de vazante em Cruzeiro do Sul

Foto: Cedida

A enchente do Rio Juruá já atingiu mil famílias em Cruzeiro do Sul. Nesta segunda-feira, 3, o manancial registrou a cota de 13,56 metros. De acordo com o Corpo de Bombeiros, nesta quinta-feira, 6, o rio apresentou sinais de vazante para as próximas 24 horas.

“Dado o cenário de perspectiva positiva que o rio Juruá vem apresentando, acreditamos que nas próximas horas teremos uma vazante em Cruzeiro do Sul, pois em Marechal Thaumaturgo e Porto Walter já registramos esse fenômeno”, destacou o comandante do Corpo de Bombeiros em Cruzeiro do Sul, capitão Rômulo Barros.

O Governo do Estado, por meio da Comissão de Gestão de Riscos Ambientais, tem auxiliado a prefeitura no trabalho de prevenção e retirada em segurança das famílias afetadas.

Ao todo, 27 famílias tiveram que sair de suas residências, totalizando 117 pessoas desabrigadas ou desalojadas. Um abrigo público foi improvisado no Ginásio Alailton Negreiros e já comporta 11 famílias.

O rio Juruá encontra-se acima da cota de transbordamento (13 metros) desde 24 de novembro. O fenômeno se deu em decorrência do alto volume de precipitações. No mês passado choveu quase o dobro do esperado para o período.

Situação de emergência

Apesar de o cenário ser favorável à vazante, a Defesa Civil do Estado e a prefeitura de Cruzeiro do Sul já traçaram estratégias de atuação em caso de elevação do rio Juruá. Se o manancial atingir a cota 13,60 metros, o município decretará situação de emergência.

O Juruá em Tempo