Rio Branco marca no segundo tempo e vence Galvez em amistoso na Arena da Floresta

Times estreiam no próximo dia 20 no Campeonato Acreano 2019 – Foto: Manoel Façanha/Arquivo Pessoal

Em um duelo bastante truncado, com muitas faltas, o Rio Branco levou a melhor sobre o Galvez, na noite de quarta-feira (9), em amistoso de pré-temporada disputado na Arena da Floresta, na capital acreana. O Alvirrubro ficou com um jogador a menos na parte final do primeiro tempo, mas voltou com 11 jogadores na segunda etapa, e venceu por 1 a 0, gol marcado pelo atacante Alex Alcântara.

A primeira etapa terminou empatada sem gols. A melhor oportunidade de gol foi do Imperador, com o meia Daniego. Ele roubou a bola do zagueiro Gilson e saiu na frente do goleiro Juninho, mas parou no camisa 1 na finalização. Aos 40 minutos, o Alvirrubro ficou com um a menos após expulsão do lateral-esquerdo Ítalo, que recebeu o segundo cartão amarelo.

No segundo tempo, com os dois times novamente com 11 jogadores, o duelo permaneceu equilibrado, com poucas oportunidades de gol para os dois times. Mais preciso, o Rio Branco-AC aproveitou a chance que teve aos 23 minutos e abriu o placar com Alex Alcântara.

O Estrelão segurou o resultado e garantiu a quarta vitória em quatro jogos na pré-temporada. O Galvez conheceu a primeira derrota após três partidas.

As duas equipes estreiam no Campeonato Acreano 2019 no domingo (20), no estádio Florestão, na capital. O Rio Branco-AC, que está no grupo A ao lado de Andirá, Atlético-AC, Humaitá e Independência, enfrenta o Náuas, às 15h30. O Galvez, que faz parte do grupo B com Náuas, Plácido de Castro, São Francisco e Vasco-AC, encara o Independência, às 17h30. As partidas são no horário do Acre.

Como iniciaram o jogo

O Galvez foi escalado pelo técnico Zé Marco com: Máximo, Pedro Balú, Reginaldo, Juan, Jeferson; Wilson, Renato, Daniego, Ciel, Adriano e Rafael Tanque.

O técnico João Mota colocou o Rio Branco-AC com: Juninho, Flávio, Gilson, Rafael, Ítalo; Everton Viana, Alcione, Geovani, Kanu, Doka Madureira e Alex Alcântara.

Globoesporte.com/ac