Novos agentes reforçam mutirão de combate à dengue na capital acreana

Nos bairros, os arrastões para eliminação e tratamento de depósitos e bloqueio de casos suspeitos envolveram equipes de diferentes órgãos municipais – Fotos: Assis Lima

Arrastão nos bairros, atividades educativas com distribuição de material informativo e reforço no quadro de agentes de endemias foram algumas das ações da Prefeitura de Rio Branco com o objetivo de combater o mosquito transmissor da dengue, zyka e febre chikungunya. O trabalho começou em outubro do ano passado, quando por determinação da prefeita Socorro Neri, equipes da Secretaria de Saúde (Semsa), Empresa Municipal de Urbanização (Emurb) e Serviços Urbanos (Semsur) foram mobilizadas para intensificar o combate ao mosquito da dengue.

Nos bairros, os arrastões para eliminação e tratamento de depósitos e bloqueio de casos suspeitos envolveram equipes da Saúde, e Semsur, Agentes Comunitários de Saúde e alcançaram mais de 18 mil imóveis, entre residências, prédios comerciais e terrenos. As equipes vão de casa em casa, orientam e pedem a colaboração dos moradores no sentido de não jogar lixo nas vias, terrenos baldios e manter os quintais limpos.

De outubro até agora, a Semsur, atual Zeladoria, já retirou dos bairros mais de 46 mil toneladas de entulho, que poderiam ser locais de proliferação do mosquito. A Zeladoria conta com 250 homens e 65 equipamentos.

De outubro até agora, a já foram retirados dos bairros mais de 46 mil toneladas de entulho que poderiam ser locais de proliferação do mosquito

Em parceria com a RBTrans, as blitze educativas para a sensibilização e orientação alcançaram locais estratégicos como senadinho, terminal urbano, mercado da Sobral e vias que concentram grande fluxo de pessoas.

Nesta sexta-feira, 11, novos agentes serão convocados para integrar as equipes de combate ao mosquito. A decisão de reforçar a equipe foi tomada pela prefeita Socorro Neri ainda no ano passado, já visando a execução das ações de 2019 e 2020. A Prefeitura havia programado a convocação de 10 agentes e já convocou o total de 215. A posse de mais 23 agentes reforçará o trabalho da Semsa, que a partir deste momento contará com 133 agentes nas ruas de Rio Branco.

Todas as medidas empregadas buscam reduzir e controlar a densidade do vetor no município através da eliminação e tratamento dos criadouros domiciliares, implementadas pela divulgação de informações sobre a doença e suas medidas de prevenção, no intuito de conscientizar a população para que participe efetivamente do combate ao vetor em seus ambientes domiciliares.

“O poder público faz a sua parte mas a população também pode auxiliar no combate à proliferação do mosquito”, lembra a prefeita Socorro Neri, que ainda esta semana deve anunciar novas medidas para intensificar as ações de combate à dengue.

Assessoria PMRB