MP analisa se vai pedir internação de adolescente que matou pai para proteger mãe

O Ministério Público do Acre informou que está analisando se vai pedir ou não a internação do adolescente de 12 anos que confessou ter matado o pai com uma facada na barriga para defender a mãe das agressões. O crime ocorreu no último dia 2, na zona rural do município de Epitaciolândia, no interior do estado.

Adolescente de 12 anos confessou ter matado pai com facada para defender mãe no interior do Acre – Foto: Alexandre Lima/Arquivo pessoal

O agricultor Custódio Silva, de 41 anos, foi achado morto dentro da casa. Conforme o delegado que investigou o caso, Alex Danny, o adolescente relatou que o pai agredia tanto a mãe como ele, constantemente.

Ao G1, o MP afirmou que recebeu o procedimento na sexta-feira (11) e o promotor de Justiça do município, Thalles Ferreira, está analisando o caso. O adolescente ainda não foi apreendido.

Na delegacia, o rapaz contou ao delegado que as agressões teriam começado depois que Silva perdeu o pai e um irmão e passou a ingerir bebidas alcoólicas excessivamente. Cansado de ver aquela situação, o adolescente, no dia que o pai chegou embriagado, em defesa da mãe e dele próprio acabou dando uma facada no homem.

G1/AC