Maior goleada do Humaitá é sobre o Náuas; Cacique do Juruá sofreu mais de 7 gols duas vezes

Humaitá e Náuas vão se enfrentar pela 3ª vez na história; Tourão venceu os dois primeiros confrontos, em 2016 – Foto: Duaine Rodrigues

Em agosto de 2016, pelo Campeonato Acreano da segunda divisão, o Humaitá bateu o Náuas por 4 a 0, na Arena da Floresta, em Rio Branco. Essa foi a maior goleada na história do clube da cidade de Porto Acre, fundado em 2015 e que disputa a elite estadual pela terceira temporada consecutiva. Após mais de dois anos, os dois times vão se enfrentar pela terceira vez, nesta quinta-feira (14), diante de um cenário bem complicado para o Tourão de Porto Acre, que precisa de um placar inédito para conseguir chegar às semifinais do primeiro turno.

Necessitando vencer por oito gols de diferença no marcador, o Humaitá não coleciona triunfos elásticos depois que o clube passou a disputar o Campeonato Acreano. Venceu o São Francisco por 3 a 0, no estadual da temporada passada e aplicou quatro vezes o placar de 3 a 1. Dois deles foi na segundona de 2016 sobre Adesg e o próprio Náuas, respectivamente. Vasco-AC e Plácido de Castro, na elite da competição em 2017, completam essa lista.

Por outro lado, o Cacique do Juruá, que não vence um jogo na 1ª divisão há quase quatro anos, sofreu sua maior goleada da história no Campeonato Acreano de 2013, quando foi massacrado pelo Galvez por 10 a 0, no estádio Florestão, na capital acreana. Na mesma temporada, perdeu para o Rio Branco-AC e Alto Acre: 7 a 1 e 7 a 2, respectivamente. Em 2015, o Estrelão voltou a golear o Náuas duas vezes: 9 a 0 e 7 a 1.

Na vice-lanterna do grupo B com um ponto e mesmo sem chances de classificação para o mata-mata do turno, o Náuas tenta encerrar o jejum de vitórias na elite estadual. O Humaitá que está na terceira posição do grupo A com sete pontos, três a menos que o Independência, precisa vencer por oito gols de diferença para superar o Independência no saldo de gols, já que as equipes ficariam empatadas em número de pontos e de vitórias (primeiro critério de desempate). O Jogo nesta quinta-feira começa às 20h (do Acre), na Arena da Floresta.

Globoesporte.com/ac

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *