Juiz Danniel Bonfim é eleito presidente da Asmac

Magistrado, que assume a entidade em fevereiro para o biênio 2019/2020, propõe dar continuidade aos trabalhos realizados nas gestões passadas, além de trabalhar pela defesa das prerrogativas da classe – Foto: Da Assessoria

O juiz Danniel Bonfim foi eleito presidente da Associação dos Magistrados do Acre (Asmac) com 56 votos favoráveis e um em branco, na sexta-feira (7/12). A data escolhida para o pleito teve o objetivo de comemorar o Dia da Justiça e de celebrar a data de fundação da entidade, o dia 8 de dezembro.

O magistrado, que assume a entidade no dia 8 de fevereiro para o biênio 2019/2020, propõe dar continuidade aos trabalhos realizados nas gestões passadas, além de trabalhar pela defesa das prerrogativas da classe.

“O objetivo do planejamento associativo é manter o trabalho que foi iniciado nas gestões anteriores, além de trabalhar na defesa das prerrogativas dos colegas, buscando ainda fomentar a cultura e as atividades sociais, tratando com a importância que merece o associado”, respondeu.

Para Danniel Bonfim, é uma honra receber os votos de confiança dos colegas e afirmou que a votação é uma mensagem clara de que a classe está envolvida na vida da Associação.

“Quero agradecer a participação dos colegas no processo eleitoral e dizer que o objetivo da chapa é agregar. A resposta das urnas não tem relação com a minha pessoa, mas com a necessidade do próprio associado que participou do pleito, que tem interesse de participar do movimento associativo”, explicou.

Para o atual presidente da Asmac, o desembargador Luís Camolez, a escolha de uma nova chapa para dirigir as atividades da entidade demonstra o fortalecimento da democracia e senso de união.

“Toda eleição possui sua importância e demonstra a importância da democracia. Foi um número expressivo de eleitores. Danniel sempre demonstrou o interesse de participar da [associação]. Seremos muito bem representados. É importante destacar que o juiz também vota, também é eleitor. Estamos bem representados pelo colega”, detalhou Camolez.

Dos 84 magistrados aptos a votar neste ano, não compareceram as urnas 27 pessoas. Os juízes e desembargadores que, por motivo de força maior, não poderam estar presentes no dia do pleito tiveram a oportunidade de encaminhar a sobrecarta com o objetivo de opinar sobre a escolha do novo representante por meio de envelope lacrado que foi aberto no ato da contagem dos votos.

A diretoria eleita ainda conta com a 1ª vice-presidente, a juíza Thaís Queiroz Borges de Oliveira Abou Khalil, e o 2º vice-presidente, o juiz Fábio Alexandre Costa de Farias.

Currículo

Atualmente, Danniel Bonfim é juiz de direito titular da 1ª Vara Criminal de Rio Branco, formado em Direito pelo Centro Universitário de Ensino do Amazonas, mestre em Direito Constitucional pela Universidade de Brasília (UnB), possui MBA em gestão pública com ênfase em controle externo pela Faculdade Internacional de Curitiba. Ele é especialista em Direito pela Universidade Federal do Amazonas.

O magistrado ainda é professor Universitário e formador da Escola Judicial do Estado do Acre (Esjud). Participou como palestrante nos cursos de aperfeiçoamento de sargentos – CAS/2017 e 2018 da Policia Militar do Estado do Acre.

O presidente eleito ainda é o vencedor do 1º Concurso Nacional de Decisões Judiciais e Acordãos em Direitos Humanos (CNJ/SDH).

Antes de chegar a magistratura, Danniel Bonfim foi policial federal e foi aprovado no Concurso para Promotor de Justiça do Ministério Público do Estado do Amazonas.

Da Assessoria