Jonas Lima pede recuperação de rodovia entre Cruzeiro do Sul e Rodrigues Alves

Deputado relatou as péssimas condições de trafegabilidade da rodovia – Foto: Agência Aleac

O deputado Jonas Lima (PT) apresentou durante a sessão desta quarta-feira (13) uma indicação solicitando a recuperação do trecho da rodovia que liga Cruzeiro do Sul a Rodrigues Alves. O parlamentar também parabenizou as mulheres pela data comemorativa alusiva ao Dia Internacional da Mulher e destacou a importância de serem feitas ações que as protejam.

Jonas Lima destacou que as péssimas condições de trafegabilidade da rodovia, no trecho que liga Rodrigues Alves a Cruzeiro do Sul, têm ocasionado acidentes no local. Ele pede que o governo, por meio do Departamento Estadual de Estradas de Rodagem, Hidrovias e Infraestrutura (Deracre), realize a recuperação da estrada o quanto antes.

“O compromisso com a vida é essencial. Com essa indicação atendida melhoraremos não somente a trafegabilidade no local, mas também o escoamento da produção, uma vez que, nesses ramais existem cerca de 16 projetos de assentamento”, disse.

O parlamentar também parabenizou as mulheres pelo Dia Internacional da Mulher, comemorado dia 8 de março. Ele destacou que infelizmente o Acre é um dos estados com maior número de casos de feminicídio e que mais políticas públicas devem ser criadas a fim de coibir esse tipo de violência.

“Convivo diariamente com cinco mulheres, minha esposa, filhas e neta, elas cuidam de mim e eu delas. É importante que as autoridades competentes elaborem políticas públicas voltadas para a proteção da mulher. Atualmente o Acre é um dos estados com maior índice de feminicídio, espancamento e os mais diversos crimes contra a mulher. Mais do que parabenizá-las pelo seu dia, precisamos protegê-las”, ressaltou.

O parlamentar concluiu seu discurso falando sobre o aumento na tarifa de energia. Ele destacou que após a Energisa comprar a Eletroacre em leilão, a conta de luz sofreu um aumento que não condiz com a renda mensal dos acreanos. De acordo com ele, muitos terão a energia de suas casas cortadas.

“Essa Energisa veio para matar os acreanos. Como deputado, recebo um salário bom, a conta de luz da minha casa saltou de 500 para 900 reais. Imagina um trabalhador que recebe um salário mínimo, como ele vai fazer para comprar comida e pagar a conta de luz? Em municípios como Marechal Thaumaturgo e Mâncio Lima têm quedas de energia constantemente, as pessoas sofrem prejuízos. Ou seja, cobram absurdamente caro por um péssimo serviço”, reclamou.

Agência Aleac

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *