“Existe vontade da minha parte, mas nenhum convite oficial”, diz Doka sobre volta ao Rio Branco

Doka Madureira está no Acre, sem contrato e fala de possibilidades para o futuro – Foto: Reprodução/GloboEsporte.com

Depois de passar 11 anos atuando no Velho Continente, Doka Madureira, um dos maiores nomes do futebol acreano dos últimos anos e ídolo do Rio Branco está de férias com a família. O jogador não atua desde novembro de 2017, quando rescindiu seu contrato com o MKE Ankaragücü.

Em sua última partida pelo time turco, o atacante marcou gol, mas um desentendimento com membros da comissão técnica tornou sua permanência no elenco quase impossível.

Em Rio Branco, o jogador diz já ter tido algumas conversas informais com alguns clubes, mas não revela o conteúdo do papo, a não ser o seu desejo de atuar no Estrelão mais uma vez antes de pendurar as chuteiras.

Ele ainda não decidiu quando vai parar. Com 34 anos, o atleta só pensa em jogar, e disse que tem interesses de times europeus em seu passe.

– Recebi algumas sondagens para voltar para a Turquia, e também de alguns clubes brasileiros da Série B, até da Série A. Tenho muitos amigos no futebol que fiz ao longo da minha carreira, como o Taffael, o Diego Ribas e vários outros que tive o prazer de conhecer. Então, estou mantendo as possibilidades em aberto, e o Rio Branco sempre é uma opção, já deixei claro o meu desejo de defender o clube antes de parar de jogar – comenta.

A diretoria do estrelada disse que não revelará nenhum nome em negociação com o clube antes da apresentação oficial do elenco, prevista para o dia 26 de dezembro, porém, Alex Cavalcante, gestor de Futebol, admitiu que conversou informalmente com o atacante.

Globoesporte.com/ac