Economist: Eleição de Bolsonaro é tragédia para o Brasil

A revista britânica The Economist, considerada a bíblia dos liberais europeus, voltou a alertar nesta quinta-feira, 25, para os riscos para o Brasil de uma eventual eleição de Jair Bolsonaro (PSL) para presidente.

Para a revista, a eleição de um homem com o perfil autoritário de Bolsonaro é uma “tragédia” e diz que os brasileiros estão enfurecidos com a situação econômica e as denúncias de corrupção. “Eles agora parecem prontos para eleger Bolsonaro, um populista com instintos autoritários, como seu presidente”, diz o Economist.

Em setembro, a revista britânica já havia publicado uma capa em que dizia que Jair Bolsonaro é ‘ameaça ao Brasil e à América Latina’. “As eleições nacionais no próximo mês dão ao Brasil a chance de começar de novo. No entanto, se, como parece muito possível, a vitória for para Jair Bolsonaro, um populista de extrema direita, eles correm o risco de tornar tudo pior. Sr. Bolsonaro, cujo nome do meio é Messias, promete a salvação; na verdade, ele é uma ameaça para o Brasil e para a América Latina”, disse.

Brasil 247