Deputado Alan Rick exige apoio do Ministério da Saúde para meninas acreanas que teriam sequelas da vacina contra o HPV

Foto: Da Assessoria

O Deputado reeleito Alan Rick (DEM) esteve nesta quinta-feira, 08, no Ministério da Saúde, em Brasília, para solicitar providências em relação ao grave problema de saúde que acometeu ao menos 43 adolescentes acreanas que apresentaram quadro clínico ainda sem diagnóstico final, mas sob suspeita, segundo seus familiares, de sequelas da vacinação contra HPV, realizada desde 2014 no Estado.

O parlamentar acreano esteve reunido com o Secretário de Vigilância em Saúde, Osnei Okumoto, seu Chefe de Gabinete, Eduardo Filizolla e com a Dra. Ana Goretti Kalume, Coordenadora Substituta do Programa Nacional de Imunização. Lá, conversou sobre o quadro das meninas, levando fotos, vídeos e depoimentos.

Em decorrência da reunião, Alan Rick enviou ofício à Secretaria de Atenção à Saúde – SAS, do Ministério da Saúde, e à Secretaria de Saúde do Estado do Acre, solicitando imediato envio ao Estado de uma equipe de especialistas para investigar e diagnosticar os casos desses adolescentes. A junta de especialistas deverá incluir neurologista, ginecologista, endocrinologista, psiquiatra, reumatologista e um técnico eletroneurofisiologista, além de um videoencefalograma.

“Temos que dar atenção ao sofrimento dessas mães. Não podemos deixar essas meninas sofrendo por tanto tempo sem um diagnóstico definitivo e um tratamento adequado”, disse o deputado.

Assessoria parlamentar