Dados alertam sobre casos de sarampo no Amazonas e de caxumba no Acre

Dados divulgados nesta semana alertam sobre os casos de caxumba notificados no Acre. Rio Branco registrou, apenas no último semestre de 2018, 167 casos da doença, sendo que a faixa etária mais afetada foi entre 20 e 29 anos, com 69 casos. Os números foram aumentando gradativamente, saindo de 1 em junho para 52 em dezembro.

Os dados foram divulgados, nessa quinta-feira (10), pela Secretaria Municipal de Saúde de Rio Branco. O boletim foi levantado pelo Departamento de Vigilância Epidemiológica e Ambiental. A chefe da Vigilância Epidemiológica, Socorro Martins, diz que os casos ainda estão sendo avaliados e que, apesar de o aumento ser considerável, ainda não configura surto.

A vacina é encontrada em qualquer unidade da rede pública de saúde do município. Vale ressaltar que quem já pegou a doença fica imune ao vírus.

Portal Amazônia