Cuidados na decoração do quarto garantem segurança para as crianças

Quem tem filhos pequenos sabe que todo cuidado é pouco para manter os pequenos protegidos. Isso não poderia ser diferente no quarto, onde as crianças passam boa parte do tempo.

Apesar de a aparência dos quartos infantis ser o grande destaque, na hora de escolher a decoração é importante pensar ainda em outros aspectos. Confira alguns cuidados essenciais para garantir mais tranquilidade para toda a família, de acordo com a arquiteta Luciana Paixão!

Localização da cama

O espaço próximo da cama deve ser livre, sobretudo se a criança for pequena e estiver naquela fase de descobertas. Evite posicionar a cama debaixo de uma janela, diretamente contra um radiador, prateleiras, bordas ou eletrodomésticos sobre os quais ela possa se segurar.

Objetos

Manter bichinhos de pelúcia, fotografias e outros objetos ajudam a deixar a decoração mais fofa e alegre para a criança. No entanto, esses itens não devem ser colocados acima da cama, pois qualquer brincadeira ou movimento mais agitado poderá derrubá-los.

Tipo de cama

Para crianças de menos de 6 anos, a arquiteta aconselha a optar pela cama de cabine e não por uma beliche. O modelo mais vertical com escadas pode ser responsável por acidentes como as quedas, então, é melhor evitar.

Gavetas

As gavetas abertas podem funcionar como escadas e impulsionar a escalada das crianças mais curiosas e agitadas. Para não passar por esse tipo de situação, vale a pena trocar as gavetas comuns pelas que só podem ser abertas por chave. Se não puder realizar essa mudança, os pais podem prender as gavetas com adesivos – apesar de essa solução ser menos bonita.

Tomadas

No quarto das crianças, é importante proteger todas as tomadas para que elas não mexam nessa parte tão perigosa. Existem no mercado pinos que cobrem as tomadas, afastando assim os riscos.

Janelas

É obrigatória a presença de redes protetoras nas janelas das crianças e de toda a casa. Além disso, os pais também podem colocar travas que só permitem a abertura de até 10 cm das janelas.

Iluminação

Como as crianças têm uma tendência a não ficar em um só lugar, é imprescindível manter uma luz noturna nas escadas para qualquer perambulação tarde da noite. O banheiro também merece uma iluminação especial pelo mesmo motivo. Mesmo que a criança ainda seja um bebê, uma luz leve no quarto garantirá mais conforto para a rotina dos pais, sem atrapalhar o sono do filho.