Com goleiro de 15 anos titular, São Francisco encerra jejum de quase uma década na elite do Acreano

Clube, que não vencia desde abril de 2009 na 1ª divisão, supera Andirá por 3 a 1 na última rodada do 1º turno com jovem Felipe com a camisa 1 – Fotos: Duaine Rodrigues

Uma espera que durou quase uma década para o São Francisco foi encerrada na noite de quinta-feira (15), na Arena da Floresta, em Rio Branco, capital do Acre. Sem comemorar uma vitória na primeira divisão do Campeonato Acreano desde abril de 2009, o clube superou todas as adversidades dos últimos dias, como a falta de treinos e a perda do treinador, venceu o Andirá por 3 a 1 e deixou a lanterna do estadual na última rodada do primeiro turno.

Em campo, além da vitória de uma equipe que não treinava desde a semana em que foi derrotada para o Humaitá, no dia 28 de fevereiro, na quarta rodada, e tinha o diretor de futebol como técnico interino, a presença de um jovem de apenas 15 anos deu mais tempero à noite histórica. O goleiro Felipe Dias, da equipe sub-15 do São Chico, estreou entre os profissionais e foi figura importante no triunfo, fazendo pelo menos três ou quatro defesas fundamentais para garantir os três pontos.

Após a partida, Felipe comemorou a estreia com vitória e falou sobre a sensação de disputar uma partida do estadual profissional pela primeira vez.

– Foi a melhor coisa pra gente. Lutamos e vencemos, graças a Deus. Estava muito nervoso. Estou com fome até agora. Cheguei lá, peguei o primeiro sem nenhuma defesa. Aí aquela bola do Marcelo Brás, consegui defender e dá aquela confiança. Já vem outra, aí eu defendo também e a galera grita. Foi a melhor coisa, melhor sensação do mundo – destacou, em referência ao apoio que recebia dos companheiros de time e dos pouco mais de 60 torcedores que compareceram na Arena da Floresta.

Felipe substituiu o titular Igor e ajudou São Francisco a conquistar primeira vitória no Acreano 2019

– Deu sim (para ouvir o apoio). Ouvia o desespero do pessoal (risos) quando eu fazia as defesas. Meu pai ficou ali atrás também torcendo por mim, minha mãe. Só agradeço a todos – continuou.

Depois da boa atuação substituindo o titular Igor, que está se recuperando de uma dengue, o jovem arqueiro garante que está preparado para os próximos desafios, caso tenha novas oportunidades no time principal.

– Ainda não conversamos (sobre continuar como titular). Peguei confiança nesse jogo porque consegui fazer várias defesas. Se ele não conseguir voltar, eu assumo o lugar – concluiu.

Com a vitória sobre o Andirá, o São Francisco conquistou os três primeiros pontos no Campeonato Acreano e empurrou o Vasco-AC para a lanterna na classificação geral. O São Chico encerra a fase de classificação do primeiro turno na quarta colocação do grupo B. A equipe só volta a jogar no segundo turno. A tabela ainda não foi divulgada pela Federação de Futebol do Acre (FFAC).

Globoesporte.com/ac

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *