Bolsonaro transformou presidência em banheiro de rodoviária

Alex Solnik

Estarrecedor o conteúdo do vídeo que o presidente Jair Bolsonaro divulgou para mais de 3 milhões de seguidores de todas as idades, inclusive crianças, em resposta aos blocos que o mandaram T.N.C.; um fato inédito em toda a história brasileira. Quiçá mundial. Da próxima vez que Bolsonaro tuitar é melhor tirar as crianças da sala. E os adultos também.

Jamais um presidente da República publicou imagens tão degradantes e repulsivas. De embrulhar o estômago. Não consegui ver até o fim. Impressionante a incapacidade da pessoa mais importante do país de avaliar o impacto dessa atrocidade. Imagino o que minha mãe diria, se estivesse viva.

Jamais os brasileiros foram tão humilhados e denegridos por seu presidente da República. Segundo ele, o ato escatológico de duas pessoas filmado na rua seria corriqueiro em blocos de carnaval em todo o país. Mais uma Fake News de sua autoria. A mais nojenta de todas até agora.

A repercussão mundial é de estupefação. Difícil entender um presidente da República que transforma a maior festa popular de seu país, a mais conhecida mundialmente, a que atrai turistas e seus bilhões de dólares numa imensa bacanal digna de “Os 120 dias de Sodoma”. É um tiro no pé. Tiro de canhão. Se a intenção foi afastar turistas ele acertou no alvo.

O que fez pode ser facilmente enquadrado como falta de decoro e afronta à dignidade do cargo em pleno exercício do mandato. É crime de responsabilidade capaz de justificar o início de processo de impeachment. Está no livrinho que ainda vige no país.

Não há dúvida que ele tem transgredido os limites estabelecidos pela civilização há muito tempo. Mas faz muita diferença entre tudo o que disse e postou como deputado e o que diz como representante da nação.

Bolsonaro não pode transformar a presidência da República num banheiro de rodoviária.

Jornalista

Fonte: https://www.brasil247.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *