Ao menos 6,5 mil eleitores de Capixaba são remanejados pela Justiça Eleitoral para a 2ª zona, em Xapuri

Eleitores podem usaro aplicativo e-Título – Foto: Diulgação/TRE-AC

Com o rezoneamento, ao menos 6,5 mil eleitores do município de Capixaba, no interior do Acre, foram remanejados para a 2ª Zona Eleitoral, em Xapuri. Anteriormente, os eleitores votavam na 8ª zona, na cidade de Senador Guiomard.

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AC) informou que a alteração ocorreu em cumprimento às resoluções TSE 23.422/2014 e 23.512/2017. O órgão explicou que na prática, não há impacto para os eleitores, já que não vão precisar ir ao cartório para alterar o título de eleitor. A alteração já foi feita automaticamente pelo sistema da Justiça Eleitoral, e os locais de votação vão permanecer os mesmos.

O Tribunal reforça que a mudança não vai ter impacto negativo no dia das Eleições. Mas, é importante que os eleitores estejam atentos aos números novos das seções eleitorais no dia do pleito. O TRE-AC disse ainda que os locais vão estar identificados com placas informando o número da seção a que eles pertenciam e o número novo, para evitar qualquer dificuldade na hora de identificar a sala.

E-Título

A ferramenta permite ao eleitor o acesso ao título digital com informações referentes à seção e zona atualizadas. O órgão explica que além de proporcionar comodidade ao eleitor, o aplicativo também representa uma economia relevante à Justiça Eleitoral com a diminuição de custos com impressão de documento em papel.

Mas,mesmo assim, o eleitor que quiser a segunda via do título impressa deve se dirigir ao Posto de Atendimento Eleitoral de Capixaba, no prédio da Secretaria de Assistência Social do município. O atendimento é de segunda a sexta, de 7 às 13 horas.

Para acessar o documento digital, o eleitor deverá baixar o aplicativo e-Título, desenvolvido pela Justiça Eleitoral, disponível no Google Play e na App Store. Ao inserir no aplicativo, o número do seu título eleitoral, seu nome, o nome da mãe e do pai e a data de nascimento, o e-Título será liberado. Ao ser acessado pela primeira vez, o documento será gravado localmente e ficará disponível ao eleitor.

G1/AC