Acusado de cometer homicídio na zona rural de Sena Madureira se entrega à polícia

Suspeito de ter cometido o crime, Elessando de Lima compareceu espontaneamente à Delegacia de Polícia – Foto: Ac24horas

Elessando Cavalcante de Lima compareceu espontaneamente à Delegacia de Polícia na manhã de quarta-feira, 6, para responder por um crime de homicídio contra o colono José Francisco Silva de Melo, de 32 anos, ocorrido no dia 16 de janeiro deste ano. Na ocasião, ele matou o seu desafeto com pelo menos três tiros de espingarda. Um dos disparos acertou o rosto da vítima.

Após ser ouvido pelo delegado, Elessandro foi encaminhado ao presídio Evaristo de Moraes, para responder pelo homicídio. De acordo com o delegado Marcos Frank, titular da delegacia de Sena Madureira, já existia um mandado de prisão expedido pela justiça em desfavor do suspeito.

Entenda o caso

O colono José Francisco foi morto a tiros de espingarda na última quarta-feira nas proximidades de onde ele morava, no ramal Oriental, em Sena Madureira. Testemunhas relatam que a vítima e o criminoso haviam, há alguns dias, se desentendido por motivos banais.

José Francisco foi à casa de um conhecido e afirmou que mataria o desafeto, contra o qual ainda chegou a efetuar um disparo. Os dois então iniciaram uma luta corporal e a vítima teve a arma tomada pelo oponente, que a usou no assassinato.

Acionados por moradores, os policiais foram ao local e encontraram o corpo da José Francisco ferido a tiro no rosto e nos braços. O delegado Marcos Frank conta que foi ao local de cena do crime na tentativa de prender o homicida, que já havia se evadido.

Devido à dificuldade de acesso ao local do assassinato, o corpo da vítima foi transportado em um quadriculo até a margem da rodovia, de onde foi transportado ao IML em um veículo da polícia.

Fonte: Ac24horas, com informações do AC Purus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *